Câmara de Manhuaçu promove sessão fechada ao público devido ao Coronavírus

A Câmara de Vereadores de Manhuaçu se reuniu em sessão ordinária presidida pelo Inspetor Juninho Linhares, no final da tarde desta quinta-feira, 19/03, fechada ao público devido a prevenção contra o Coronavírus. Foram aprovados dois projetos de lei, dois projetos de resolução e apresentada a prestação de contas da Câmara referente ao mês de fevereiro. Apesar da sessão ter sido fechada, toda reunião foi transmitida ao vivo por meio da página do Legislativo no Facebook.

Além disso, durante a semana, a Câmara fixou a portaria nº 375 que disciplina as medidas temporárias adotadas para prevenção ao contágio pelo novo Coronavírus (COVID-19). O atendimento ao público externo está cancelado com data indeterminada.

Já o Presidente Inspetor Juninho Linhares está integrando o Comitê Gestor para monitoramento de emergência e que debate o Plano de Contingência.

APROVADOS

Aprovado projeto de lei, de autoria do vereador Elenilton Martins que dispõe sobre denominação de ponte de concreto armado no Distrito de Palmeiras. Fica denominada de Ponte Wesley Alves da Rocha, a ponte localizada na saída do Distrito de Palmeiras para a comunidade de Palmeirinhas, conhecida popularmente como “Ponte do Rochedo”.

Aprovado projeto de lei, de autoria do Poder Executivo que altera o art. 1º da Lei nº 2.139, de 01 de outubro de 1998, que dispõe sobre a denominação de logradouro público. Fica denominado de Avenida Dr Jorge Hannas o logradouro que se inicia no Trevo da Avenida Tancredo Neves e termina na Vila Boa Esperança, na altura do Km 41, englobado pela BR-262.

Aprovado projeto de resolução, de autoria do Presidente Inspetor Juninho Linhares que dispõe sobre a concessão de retribuição financeira por progressão horizontal na carreira aos servidores do Legislativo.

Aprovado projeto de resolução, de autoria do vereador Administrador Rodrigo que concede o Diploma de Honra ao Mérito ao Sr. Edmar José da Cunha.

FUMANTES NO HOSPITAL MUNICIPAL

O vereador Cléber da Matinha apresentou um áudio de uma pessoa que levou uma paciente ao Hospital Municipal de Manhuaçu reclamando sobre os funcionários fumantes. De acordo com o áudio, o excesso de fumaça estava prejudicando os pacientes e acompanhantes. Em nome do morador, o parlamentar pediu providências das autoridades quanto ao problema.

Assessoria de Comunicação Câmara Manhuaçu

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.