Jornalista Lauro Moraes, de Manhuaçu, recebe homenagem do exército

Lauro Moraes (1) Lauro Moraes (2)
<
>

Os 74 anos da Tomada de Monte Castelo foram lembrados no dia 21 de fevereiro, em cerimônia no Museu do Expedicionário, em Curitiba (PR). A batalha aconteceu em 1945 no Norte da Itália e marcou a participação da Força Expedicionária Brasileira na Segunda Guerra Mundial.

Personalidades que contribuem com a manutenção da memória da campanha brasileira na Segunda Guerra Mundial receberam  a medalha Tenente Max Wolff Filho, criada em 1974 pela Legião Paranaense de Expedicionário e reconhecida pelo Exército Brasileiro.  A honraria homenageia um dos heróis da FEB morto em combate. Entre os agraciados, o jornalista e professor manhuaçuense Lauro Moraes, além do governador do Paraná Carlos Massa Ratinho Junior, entre outras autoridades.

Lauro Moraes teve destacado papel de divulgação e pesquisa junto ao Museu do Expedicionário no último ano.  O local conta com cerca de 25 mil itens, entre armas, fardas, documentos, fotografias e outros objetos usados pelos soldados brasileiros na Segunda Guerra Mundial.

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.