Manhuaçu: Secretaria de Saúde capacita profissionais sobre sarampo

Atenta ao surto de sarampo em vários estados do Brasil e com registros de casos em cidades mineiras, inclusive Belo Horizonte, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Manhuaçu tem capacitado suas equipes para o atendimento, esclarecimentos e condutas de toda a rede municipal de saúde.
Na quarta-feira, 11/09, foi realizada capacitação de enfermeiros e médicos da SMS e Hospital César Leite (HCL). A reunião dos profissionais de saúde aconteceu no salão de eventos HCL, com orientações ministradas pela médica pediatra Dra. Jerusa Lacerda Estanislau Heringer.
As vacinas que protegem a população contra o sarampo fazem parte do calendário do SUS e sempre estiveram e estão à disposição da população em todas as unidades de saúde (ESFs), mas, diante do surto em diversas localidades, a SMS tem tido um cuidado ainda maior com esta situação, capacitando seus profissionais da Atenção Primária e deixando todos ainda mais qualificados para a atuação constante.
É importante que todos estejam atentos ao cartão de vacinação e que não deixem de ter contato com as equipes de saúde para informações preventivas. Caso surja sintomas da doença, deve-se procurar imediatamente o serviço de saúde.
Sintomas do sarampo
Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.
Os principais sintomas do sarampo são:
Febre acompanhada de tosse; irritação nos olhos; nariz escorrendo ou entupido; mal-estar intenso.
Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.
O que causa o sarampo?
A transmissão do vírus ocorre de pessoa a pessoa, por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou respirar. O sarampo é tão contagioso que uma pessoa infectada pode transmitir para 90% das pessoas próximas que não estejam imunes.
A transmissão pode ocorrer entre 6 dias antes e 4 dias após o aparecimento das manchas vermelhas pelo corpo.

Assessoria de Comunicação da SMS Manhuaçu e Ministério da Saúde

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.