Defesa Civil divulga nota sobre estragos causados pela chuva em Manhuaçu e região

Chuvas causam transbordamento de córregos e rios, deslizamentos de barrancos e fecham rodovias em parte da região.

Em São José do Mantimento, além de queda de barreiras na rodovia de acesso a cidade, houve trecho alagados na cidade.

Na Secretaria de Saúde, parte de um muro e a cobertura de um telhado da garagem cederam e atingiram vários veículos do setor de transporte da prefeitura.

Em Lajinha, o maior dano foi o rompimento de um bueiro na MG-108, na comunidade de Areado. O trecho foi totalmente interditado. A passagem para acessar Lajinha, Mutum e Chalé é seguir até o trevo de Ibatiba (ES), na BR-262.

Da BR-262 até Durandé, é necessária atenção redobrada na MG-108 e na rodovia de acesso à cidade. Houve quedas de árvores e pequenos deslizamentos de barrancos.

Em Simonésia, a queda de barranco deixou o Córrego Boa Vista sem acesso pelo Bairro São Geraldo. Moradores precisam optar por caminho alternativo.

REGIÃO

Em contato com plantão de emergências da PM em ponte Nova, confirmou fortes chuvas com enchente nas cidades de RIO CASCA, SANTO ANTONIO DO GRAMA, SANTA CRUZ DO ESCALVADO, SÃO PEDRO DOS FERROS E URUCANIA.

Oficialmente ainda não há registro, relatando números de vítimas desalojadas ou desabrigadas, mensagens seguirá posteriormente.

Na rodovia MG-329, no km 114, o tráfego está rompido, com a ponte no local totalmente destruída e arrastada pela correnteza.

As chuvas iniciadas no fim da noite do domingo (3/12) – provocaram transtornos em cidades diversas.

Na manhã da segunda-feira (4/12), o Centro de Santo Antônio do Grama estava inundado.

Várias ruas de Rio Casca amanheceram inundadas.

Houve princípio de alagamento em Piedade de Ponte Nova, no trevo de Urucânia e em Santa Cruz do Escalvado.

Em Abre Campo, moradores também registraram pequenos alagamentos e problemas em alguns pontos da cidade.

MANHUAÇU

As ocorrências em Manhuaçu ainda estão dentro do previsto de acordo com a Defesa Civil Municipal. Entretanto, a equipe mantêm o estado de alerta devido à continuidade das chuvas.

O Rio Manhuaçu está sujeito a transbordar causando alagamentos mais significativos, CASO as chuvas à montante (cabeçeira) persistirem.

“A cidade de Ponte Nova e região foram atingidas por fortes chuvas durante a madrugada, causando destruição em algumas delas. As cidades mais atingidas são Santo Antônio do Grama, Rio Casca e Santa Cruz do Escalvado. A rodovia que liga a cidade de São Pedro dos Ferros a Rio Casca está interditada, pois houve um rompimento do asfalto causando cratera. A rodovia que liga Ponte Nova a Rio Casca também está interditada com rompimento de uma ponte. Sendo que o mesmo ocorre com Santo Antônio do Grama”.

Ponte Nova – 12ª RPM

Conforme relato do Capitão PM Gustavo, ainda não chegaram informações sobre vitimas ou desaparecidos, pois não está sendo possível um contato com as frações.

Também relatou aquele oficial que foi deslocada uma equipe da cidade de Rio Casca para ampliar as informações, contudo, estão num caminho alternativo, que passa pela cidade de Dom Silvério.

Também apontou que não há informações sobre militares que tiveram suas residências atingidas.

Estão sendo buscadas informações mais abrangentes, as quais serão repassadas em breve.

Informações Defesa Civil de Manhuaçu

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.