A amizade e a inveja (Eclesiástico 9, 14-17)

Não abandones um velho amigo: o novo não será semelhante a ele. Amigo novo é como vinho novo: quando ficar velho, o beberás com gosto. Não tenhas inveja da glória e das riquezas do pecador, pois não sabes como vai ser a sua queda. Não te agrade a prosperidade dos injustos, sabendo que não ficarão impunes até descerem ao abismo.

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *