Crise: Jogadores do Cruzeiro protestam por atraso salarial

O Cruzeiro convive com seríssimos atrasos salariais em seu elenco profissional. A situação, que tem incomodado Luiz Felipe Scolari (sem futuro definido), fez os atletas tomarem uma decisão: em protesto, o grupo relacionado para o duelo com o Oeste, às 21h30 (de Brasília) desta quarta, pela 34ª rodada da Série B, não permaneceu na Toca da Raposa após o treino desta terça-feira, véspera do jogo, para concentração. Felipão está ciente da decisão dos atletas.

Em relação ao time titular, três mudanças deverão ser feitas pelo treinador. Após cumprir suspensão pelo terceiro amarelo, Manoel volta à zaga. Jadsom Silva e Arthur Caíke, que eram alternativas para substituir os expulsos Giovanni e William Pottker, não estão mais trabalhando com o grupo, o que gera dúvidas na montagem do time.

Jadsom Silva entrou na Justiça contra o Cruzeiro e busca a rescisão. Sem ele como opção, a alternativa de Felipão pode ser improvisar Ramon como volante, usando Cacá na zaga, ao lado de Manoel, e adiantando Filipe Machado. Outra alternativa seria utilizar Jadson ao lado de Adriano, mantendo Ramon na zaga e com Machado como meia.

No ataque, Arthur Caíke seria opção provável para substituir Pottker, mas rescindiu contrato e foi para o Kashima Antlers, do Japão. Welinton ou Stênio manteriam o esquema, mas há também a possibilidade de entrada de Thiago ou Marcelo Moreno, com Sobis sendo deslocado para a beirada.

O provável Cruzeiro tem: Fábio; Raúl Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Jadson (Cacá) e Filipe Machado; Airton, Welinton (Moreno) e Rafael Sobis.

Informações GE – Globo Esporte

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.