Atlético: Hyoran reconhece que tem que melhorar rendimento

O baixo número de gols – apenas um em 14 jogos na temporada – tem incomodado Hyoran. Na goleada do Atlético da última quarta-feira por 4 a 0 sobre o Patrocinense, o meia parou na trave duas vezes. Em entrevista nesta sexta na Cidade do Galo, o jogador de 27 anos falou sobre o momento vivido e projetou evolução nas próximas partidas.

O jogador disse que sabe que é preciso evoluir,  melhorar em alguns aspectos, mas quando as coisas acontecerem mais naturalmente do que ele pede para o grupo, meu futebol vai evoluir, assim como o de todo o grupo.

Hyoran foi titular do meio-campo nos três jogos do Atlético sob o comando de Jorge Sampaoli. O atleta entende que a equipe vive momento de adaptação e, por isso, quer agradar ao técnico antes de empolgar a torcida.

Ricardo Oliveira

Fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli, o centroavante Ricardo Oliveira conseguiu uma liminar da 27ª Vara da Justiça do Trabalho de Belo Horizonte para deixar o Atlético e defender outro clube. O jogador de 40 anos diz que recebeu salários pela última vez em fevereiro e não teve FGTS recolhido entre março e junho.

A decisão judicial, noticiada inicialmente pela Itatiaia, foi confirmada pelo Superesportes, que teve acesso ao processo. O valor total da causa é de R$ 3.737.450,00. O jogador cobra salários, FGTS, férias e 13º proporcionais ao período trabalhado em 2020, multa compensatória pela rescisão e pagamento por danos morais.

Superesportes

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.