Manhuaçu: Família procura por desaparecida

Está circulando nas redes sociais o apelo da família de Naira Cristina de Quirino, 31 anos, desaparecida desde a última quinta-feira, 11/06. Ela saiu de casa sem avisar ninguém após retornar do hospital onde foi atendida depois de tentar contra a própria vida. “Na noite de quarta-feira ela foi socorrida pelo corpo de bombeiros e levada para a UPA onde foi medicada e liberada. Quando retornou, Naira foi para a casa dela, que é em cima da casa da minha tia, mãe dela, e foi descansar. Como ela havia dormido a minha tia esperou que ela acordasse para que tivessem uma conversa sobre o ocorrido na noite anterior, mas ela já havia saído”, contou Jéssica Ferreira, prima.

Naira deixou o aparelho de telefone celular em cima da cama e várias cartas em tom de despedida. Segunda a prima Jéssica, a moça escreveu despedindo da filha, da mãe, da tia e de amigos. “Nessas cartas ela apresentava tendência suicida, mas nós acreditamos que ela não fez isso. Tanto que já recebi algumas mensagens dando conta de que ela foi vista”, informou a prima.

Relatos de pessoas que teriam visto Naira dão conta de que ela estava pegando carona no trevo da Zebu e depois teria sido vista em Irupi. “Uma menina me mandou mensagem dizendo que ela carregava apenas uma mochila e um caminhoneiro também me contou a mesma versão.  Estamos suspeitando que um possível destino dela pode ter sido Vila Velha”, acrescentou Jéssica.

Naira Cristina de Quirino trabalha na ouvidoria do SUS de Manhuaçu. Familiares estão desesperados a procura dela e pedem a quem tiver qualquer informação sobre o seu paradeiro que entre em contato. O telefone disponibilizado para ligações ou mensagens de WhatsApp é 33 98431-4981.

Tribuna do Leste – Klayrton de Souza

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.