Conheça o Jac iEV 1200T, o primeiro caminhão elétrico à venda no Brasil

caminhão caminhão2
<
>

Caminhões elétricos nas grandes cidades serão realidade antes de carros elétricos. Não trata-se de achismo, mas a certeza de muita gente na indústria.

Uma dessas pessoas é Sergio Habib, responsável pela Jac Motors no Brasil.

A empresa, aliás, mudou seu foco no país algumas vezes – de carros populares importados, para a produção nacional, depois para SUVs, e, agora, finalmente para veículos elétricos.

A aposta é, na mesma medida, ousada e promissora. Além dos três automóveis elétricos, a chinesa vai completar a linha com uma picape e um caminhão, este último, o primeiro do tipo no Brasil.

O G1 conheceu, com exclusividade, o iEV 1200T, caminhão com capacidade para 8 toneladas que começa a ser entregue aos clientes em junho, mas já está à venda por R$ 305 mil.

5 fatos importantes sobre o 1º caminhão elétrico à venda no Brasil

* ele pode rodar 250 km com uma recarga, que custa, em média, R$ 50

* o preço, de R$ 305 mil, é, em média, R$ 120 mil mais alto do que rivais a diesel

* sua proposta é de fazer entregas urbanas, rodando cerca de 100 km por dia

* nesse caso, o investimento extra deve se pagar em 6 anos

*a idade média da frota de caminhões leves é de 13,9 anos

Aposta ousada

Suas baterias de 97 kWh garantem autonomia para rodar até 250 km com uma carga. Já o motor elétrico, posicionado abaixo da cabine, entrega 176 cavalos e 122 kgfm. A potência até fica próxima de um similar a diesel, mas o torque é praticamente o dobro.

Só que 750 kg da capacidade de carga são “roubados” pelas baterias. Por isso, o caminhão, que originalmente levaria 7 toneladas, chega ao peso bruto total (PBT) de 8 toneladas, sendo classificado como modelo leve.

O iEV 1200T chega como pioneiro, mas não está sozinho nesse mercado. Desde 2017, a Volkswagen desenvolve e testa seu caminhão elétrico, o e-Delivery, também já testado pelo G1. Rodando por São Paulo em parceria com uma empresa de bebidas, começa a ser produzido em Resende (RJ) no final deste ano – e, por isso, será o segundo a chegar às ruas.

No entanto, E-Delivery e iEV 1200T não são concorrentes diretos. Enquanto o Volkswagen tem peso bruto total de 14 toneladas, além de uma futura versão de 11 toneladas, o Jac tem PBT de 8 toneladas, e possibilidade de uma configuração de 3,5 toneladas, que deve chegar em 2021.

Informações G1

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.