IPVA começa a vencer dia 13/01, próxima segunda-feira

A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais divulgou a escala de pagamento do IPVA 2020. O imposto começa a vencer em 13 de janeiro, para os carros com placas com finais 1 e 2. O estado deve arrecadar R$ 5,93 bilhões para um total de mais de 10 milhões de veículos.

Neste ano, o governo dará desconto de 3% para quem quitar o IPVA em parcela única e mais automaticamente 3% sobre o valor do imposto dos veículos que tiveram todos os seus débitos (imposto, taxas e eventuais multas) pagos em dia nos anos de 2018 e 2019.

Os contribuintes podem pagar o imposto em cota única ou em três parcelas, nos meses de janeiro, fevereiro e março. O valor mínimo para parcelamento é de R$ 150.

Além do IPVA, o contribuinte deve ficar atento ao vencimento da Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículo (TRLAV), com valor de R$ 105,78. O prazo máximo para o pagamento é 31 de março. Somente com a taxa, o governo espera arrecadar R$ 1,05 bilhão.

Em novembro deste ano, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou uma medida provisória que extinguiu o seguro obrigatório DPVAT a partir de 2020. Desde então, o caso está na Justiça. Mas o seguro já começou a ser cobrado, com os mesmos valores de 2019.

Pagamento

O pagamento já pode ser feito em terminais de autoatendimento autorizados com o Renavam do veículo. A emissão da guia de arrecadação pode ser feita pela internet.

Segundo o subsecretário da Receita Estadual, Osvaldo Scavazza, houve queda no valor médio do IPVA. “O IPVA está 2,96% mais barato em relação ao ano de 2019, obedecendo a desvalorização natural dos veículos no mercado”, disse.

O valor médio do IPVA 2020 em Minas é de R$ 587,60. Já considerando apenas os veículos 0 km emplacados em 2019, esse valor médio sobe para R$ 944,21.

IPVA mais caro e mais barato

De acordo com dados da Fazenda, o IPVA mais caro em Minas Gerais ultrapassa R$ 110 mil. Essa quantia deverá ser desembolsada pelo dono de uma Ferrari 488 Spider, de 2018.

Já o IPVA mais barato não chega nem a R$ 5 e será cobrado do proprietário de um ciclomotor, de 1981.

Informações G1/SEF MG

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.