Polícia Civil realiza diversas prisões em Lajinha

Por meio da Delegacia de Polícia de Lajinha, chefiada na ocasião pelo delegado Henrique Mateus Rabello, com apoio de policiais civis de Mutum, Manhumirim, Espera Feliz e da Delegacia Regional de Manhuaçu efetuaram diligências na cidade de Lajinha que culminou na prisão de seis indivíduos.

Ao todo foram cumpridos nove mandados de Busca e apreensão e seis mandados de prisão temporária.

Das prisões, quatro são relativas ao homicídio ocorrido no dia 31/05/2019 que vitimou brutalmente a vítima A.O.G, a qual após emboscada planejada pelos investigados foi alvejada por diversos disparos de arma de fogo dentro de uma oficina de um dos autores.

As investigações indicaram fundadas razões para a representação de medidas cautelares junto ao judiciário como buscas e apreensões e prisões temporárias, as quais foram deferidas e cumpridas nesta data, sendo presos os nacionais N.V.F, J.B.V.F, J.C.M.B e T.V.M.

Além das prisões relativas ao referido crime de homicídio, também foram envidados esforços para o cumprimento de três prisões por roubos cometidos entre os municípios de Lajinha e Mutum-MG, sendo localizados dois dos três alvos, sendo os nacionais C.C.S e J.A.

No tocante às referidas diligências, as investigações tiveram início após assalto a mão armada ocorrido no distrito de São Roque, zona rural de Mutum-MG no dia 22/06/2019 no qual foram vítimas os nacionais D.V.S e O.C.M.

Em resposta imediata e através de investigação qualificada logrou-se êxito na qualificação e identificação dos suspeitos, os quais são oriundos do estado do ES, mais precisamente Ibitirama, Iúna e Colatina, sendo hoje localizados e presos.

Os levantamentos ainda apuraram que os autores foram responsáveis por diversos furtos a escolas municipais e estaduais localizadas em Lajinha e Mutum-MG, como as dos distritos de Barra Longa e Santa Elisa.

Dessa forma, a Polícia Civil informa que a diligência ocorrida nesta data na cidade de Lajinha teve resultado positivo e culminou na conclusão de duas investigações de crimes violentos na região.

As respostas imediatas e qualificadas visam inibir condutas dessa natureza na região fronteiriça que gera temor à população mineira.

Informações Polícia Civil

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *