Polícia Civil prende homicida equivocadamente posto em liberdade pela justiça

Em ação conjunta com a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, Policiais Civis da Delegacia de Nova Iguaçu, cumpriram mandado de prisão expedido em desfavor de Rodrigo Alves da Silva pela prática dos crimes de homicídio qualificado, roubo e furto.

O homem cumpria pena em estabelecimento prisional, quando foi colocado em liberdade pela Justiça de forma equivocada, conforme consta dos autos do processo, motivo pelo qual a Vara de Execuções Penais expediu novo mandado de prisão.

Diante disso, a equipe da 52ª D.P. iniciou um intenso trabalho de inteligência e constante monitoramento, verificando que o paradeiro do foragido era a cidade de Mutum, no estado de Minas Gerais.

Com a imprescindível colaboração da Polícia Civil daquela unidade federativa, os agentes descobriram que Rodrigo vinha a Nova Iguaçu visitar familiares.

 

Após uma exitosa atividade de campana, policiais da 52ª D.P. lograram prender o foragido, que não ofereceu resistência à ação.

Informações Polícia Civil

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *