Cinco prisões em Chalé pela Polícia Civil

A Polícia Civil e o Ministério Público da comarca de Lajinha realizaram no dia 06/06, quinta-feira, operação que culminou na prisão de cinco indivíduos na zona rural de Chalé-MG denominada Penha do Côco.
As investigações tiveram início em decorrência do homicídio que vitimou A.M.R no dia 05/04/2019 e foram angariados elementos necessários através de inquérito policial e procedimento de investigação criminal pelo MP para a representação de prisão temporária de sete suspeitos junto ao Poder Judiciário que deferiu a medida.
Em relação aos suspeitos, cinco teriam ligação direta com o crime por serem partícipes e mandantes, enquanto dois deles seriam executores do crime.
Os executores seriam dois indivíduos foragidos da justiça que tem contra si a imputação de diversos crimes violentos na cidade de Mutum e Lajinha, que são originados e supostamente homiziados em Santa Rita, zona rural de Mutum, sendo L. e D.
A operação teve suporte das equipes de policiais civis de Manhuaçu, Manhumirim, Espera Feliz e de Mutum, sendo coordenadas pelo Delegado de Polícia de Lajinha Dr. Henrique Mateus Rabello.
A ação foi realizada em conjunto com a Polícia Militar através do comando do Ten. Maxwell, sendo que juntos, conseguiram reunir 12 equipes para o cumprimento das medidas cautelares de prisão e mandados de busca e apreensão.
As diligências culminaram na arrecadação de documentos e aparelhos celulares com conteúdos importantes para o deslinde das investigações que terão o prazo de trinta dias.
Foram presos os mandantes e suposto partícipe do crime, sendo os nacionais N.H.V.S, L.S.D, G.V, T.O.A e J.O.V, que por sua vez após à prisão foram submetidos a interrogatório e posteriormente encaminhados ao Presídio de Manhumirim onde se encontram ã disposição da Justiça e das investigações.
Informações Polícia Civil

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.