Gasolina tem redução de preço nas refinarias

A Petrobras anunciou uma nova redução no preço da gasolina nas refinarias. A partir de quarta-feira (7), o litro vai ficar 0,74% mais barato. Mas nos postos os brasileiros ainda reclamam dos preços altos. Tanto que muita gente deixou de abastecer com o combustível.

Em Belo Horizonte, um motorista de aplicativo não roda com gasolina faz tempo: “O preço que está a gasolina, se abastecer, toma prejuízo”.

Com tanta gente preferindo abastecer com etanol, as vendas de gasolina têm caído bastante. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, entre janeiro e setembro de 2018, as vendas de gasolina chegaram ao nível mais baixo dos últimos seis anos. Isso significa uma queda de 13,5%, comparando com o mesmo período do ano passado. Já as vendas de etanol dispararam 41%. O preço médio da gasolina nos postos de todo o Brasil está chegando a quase R$ 5, mas tem posto vendendo acima disso.

“A maioria espera chegar no ponteiro vermelho para abastecer, porque está bem pesado”, diz uma motorista.

É uma equação complicada. Em um mês, a Petrobras fez oito reajustes para baixo no preço nas refinarias. Uma queda de 16,6%. Então a pergunta é: se o litro caiu R$ 0,37 nas refinarias, porque se manteve praticamente estável nas bombas?

“Ao preço na refinaria, você tem que acrescentar dois outros custos. Um que é da distribuidora, que pega o combustível na refinaria e vai entregar no posto. E o outro custo é do posto. O terceiro fator não trivial são os impostos”, explica John Forman, ex-presidente da ANP.

O sindicato que representa os postos de gasolina da cidade do Rio de Janeiro também destaca o peso dos impostos no preço final. “Cinquenta por cento do preço que o consumidor paga na bomba é imposto. Então eu acho que fica muito claro que o problema não está nos postos. Esse valor que o brasileiro paga pela gasolina não cabe no bolso do brasileiro”, afirma Cida Siuffo, presidente do Sindcomb-Rio.

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.