Manhuaçu: IF promove aula inaugural do curso de Cafeicultura

cafe1 cafe2Na última sexta-feira, aconteceu em Realeza, a aula inaugural do primeiro curso técnico presencial oferecido pelo Instituto Federal Campus Manhuaçu: o de Cafeicultura. O evento ocorreu na sede do IF, onde os cerca de trinta novos alunos foram recepcionados. O prefeito Nailton Heringer esteve presente.

Conforme relatou a equipe do IF, o processo de estruturação do curso técnico em Cafeicultura teve início há cerca de um ano e meio atrás, quando uma equipe, formada de professores vindos inclusive do Distrito Federal e de Goiás, se instalou em Manhuaçu, para iniciar um processo de pesquisas, de conhecimento da região e de preparo de concursos para formação do corpo docente.

“Montar um curso de Cafeicultura num local onde as pessoas já conhecem essa prática foi um desafio grande” – comenta a coordenadora do curso, Ana Paula Lelis. “Buscamos então trazer novidades tecnológicas, acreditamos que a grande importância da cafeicultura esteja nisso, em pensar na visão tecnológica do café. Nesse sentido, temos disciplinas que vão desde plantio de mudas, fertilização, poda, pós-colheita, qualidade e a comercialização, que também é um foco da cidade de Manhuaçu” – detalha a professora, que comenta sobre suas expectativas. “São as melhores, nós pensamos em tudo com cuidado e carinho. Tínhamos um anseio muito grande para que esses estudantes chegassem. Então hoje é uma felicidade muito grande” – conclui Lelis.

Para o diretor geral do campus Manhuaçu, Aluísio de Oliveira, a sensação é de dever cumprido. “Estamos há um bom tempo nessa luta, buscando entender um pouco mais da região, preparando uma equipe de professores altamente qualificada, e contando sempre com um apoio muito grande do poder Executivo de Manhuaçu. E hoje estamos brindando o município com o nosso primeiro curso técnico presencial” – alegrou-se Oliveira, que traça um perfil da primeira leva de estudantes. “Temos uma turma de 35 alunos muito heterogênea, tanto com produtores que já lidam com a cafeicultura, como também alunos que terminaram Ensino Médio agora, isso aumenta nossa responsabilidade, mas estamos animados e muito emocionados com essa turma” – externa o diretor.

O pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IF Sudeste, Etiene Beirão, ressalta as potencialidades do campus Manhuaçu e faz previsões para os próximos anos. “A comunidade já espera há mais de quatro anos por um curso técnico regular presencial. A ideia de formar um campus aqui é de cinco anos atrás. E durante todo esse tempo nós estivemos nos preparando para chegar a esse ponto, e é só o começo” – afirma. “Existe um potencial muito grande aqui para a cidade e região e estamos dispostos a atuar de uma forma mais significativa. É claro que as coisas não acontecem de um dia para o outro, mas já temos projetos para ampliar o campus e, a médio prazo, acreditamos que vamos ultrapassar a marca de 3 mil alunos” – vislumbra Beirão.

Informações Secretaria de Comunicação de Manhuaçu

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.