Seleção: Time de Dunga faz o último amistoso do ano

O Brasil entra em campo nesta terça-feira para o seu último amistoso de 2014, ano que vai terminar permeado por fortes emoções, grandes esperanças e o maior vexame de todos os tempos da Seleção. Se o resultado na Copa do Mundo jamais será apagado, o time que enfrenta a Áustria, no estádio Ernst-Happel, em Viena a partir das 16 horas (de Brasília), atravessa atualmente um processo de reconstrução interna em sua longa busca para voltar a ter respeito internacional.

Mas o grupo já descobriu que só somar vitórias em amistosos não cicatrizará as feridas. “Ainda tentamos sair do inferno. Voltamos ao purgatório”, disse José Maria Marin, presidente da CBF, em uma referência à frase que disse antes da Copa do Mundo alertando que, no caso de uma derrota, todos iriam ao inferno.

Neste clima, o técnico Dunga deixa claro que só um resultado interessa contra os austríacos: a vitória. A estratégia é vencer todas as partidas que disputar para voltar a dar confiança aos jogadores, reconquistar a torcida e até a credibilidade de patrocinadores.

Sob o comando do treinador, foram cinco jogos, cinco vitórias, 12 gols marcados e nenhum sofrido. Para garantir 100% de aproveitamento, o time que entra em campo é o mesmo da goleada por 4 a 0 sobre a Turquia, na semana passada. “Quanto mais confiança um jogador tem, mais ele vai render”, justificou o treinador.

www.superesportes.com.br

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *