Manhuaçu: Vereadores aprovam projeto de limpeza do rio. Contratações serão feitas

camara-vota-limpeza-rio-manhuacu camara-vota-limpeza-rio-manhuacu-2Durante a 19ª Reunião Ordinária da Câmara de Manhuaçu, no dia 23/10, foi aprovado projeto de lei que permitirá ao SAMAL fazer a limpeza do Rio Manhuaçu. O Projeto de Lei nº 94/2014 alterou o número de vagas dos suplentes de Auxiliar de Gari e criou vagas para a contratação dos excedentes do Concurso Público para trabalhador braçal. Outro objetivo das contratações é a volta do funcionamento da usina de reciclagem e compostagem de lixo, paralisada há três meses.

A grande diferença é que o projeto foi apresentado e votado em apenas dois dias, numa clara demonstração de que a Câmara Municipal não trava ou dificulta a ação da Prefeitura de Manhuaçu. De acordo com a lei aprovada, o SAMAL poderá contratar 26 pessoas, sendo dezesseis para trabalharem na usina de reciclagem e dez para realizar a limpeza do rio Manhuaçu.

O projeto foi votado com extrema urgência pelos vereadores para que a situação tanto do rio, quanto da usina fossem solucionadas. “O novo diretor do SAMAL já assumiu com uma demanda acumulada, seja da usina de reciclagem que está a aproximadamente três meses parada acumulando lixo e nós temos uma produção diária de resíduos de várias toneladas, o que é um grave problema. Outra demanda acumulada, que é uma reivindicação de nós vereadores e de toda a população, que nesse período de estiagem, para aproveitar as águas baixas, que se faça uma limpeza no Rio Manhuaçu. Tem muito lixo, muito entulho acumulado”, pontuou o Presidente da Câmara, Maurício Júnior.

Uma das justificativas do Executivo é que embora tenha sido realizado um concurso há poucos meses, faltaram aprovados. “É necessário contratar! Fizeram o concurso, mas não resolveu o problema da falta de mão de obra, então ele pediu a contratação de servidores para dar vazão a essa demanda acumulada. Nós aprovamos em caráter emergencial para que a situação seja resolvida”, declarou o presidente da Câmara, vereador Maurício Júnior.

Maurício Júnior ainda destacou que havia um pleito entre os vereadores que o critério de contratação fosse pela antiguidade, pois tem vários servidores que trabalharam no SAMAL durante vários anos e ficaram sem emprego, como é o caso do senhor Altamir, que esteve presente na reunião. “Ele relatou que trabalhou mais de 10 anos e faltam apenas três para se aposentar. Ele foi dispensado da autarquia pois não passou no concurso público. Mesmo com a discussão no critério de contratação, o projeto foi aprovado sem emendas e a forma de contratação seguirá o texto original, que prevê chamar por ordem de classificação todos os candidatos excedentes do último concurso realizado”, afirmou.

O vereador Fernando Lacerda parabenizou o novo diretor do SAMAL, Kilder Perígolo, pela pró-atividade em resolver estas demandas. “Logo que tomou posse, ele se apresentou para conversar com a Casa. Achei o projeto interessante, porque fiquei sabendo que há mais de três meses a usina de reciclagem não está funcionando e ninguém veio se manifestar nessa Casa. Além disso, ele está criando mais 26 cargos, só que seguindo a ordem dos excedentes no concurso”, ressaltou.

Rio Manhuaçu

Os vereadores foram unânimes em pontuar a necessidade de respeito a normas ambientais e que a limpeza deve se concentrar na retirada de lixo, entulho e vegetação que esteja prejudicando o rio Manhuaçu.

O Secretário Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Sandro Tavares, também se pronunciou sobre o rio e sobre o projeto de limpeza que será realizado.

Ele afirmou que iniciará os trabalhos de retirada do lixo no próximo dia 3 de novembro e destacou que deve ser realizada uma ação de conscientização constante para que as pessoas não poluam o rio.

O presidente da casa, Maurício Júnior, ainda aproveitou a discussão em torno da situação do Rio Manhuaçu para sugerir uma audiência pública, que será organizada pela Câmara, no final de novembro, com participação de órgãos ambientais, entidades não governamentais e o poder público.

Com Assessoria da Câmara de Vereadores – [email protected]

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *