Manhuaçu: Câmara realiza audiências sobre saúde e funcionamento de supermercados aos domingos

CamSAMU (2)Na sessão legislativa ordinária da quinta-feira, 29/05, presidida por Maurício de Oliveira Júnior, a Câmara Municipal de Manhuaçu realizou intenso trabalho de análise e votação, aprovando quatro Projetos de Lei – além da ciência a dois novos Projetos-, dois Projetos de Resolução, seis Requerimentos dos Vereadores, doze Moções e mais vinte Indicações reivindicando obras e serviços para a população.

Convocada pelos vereadores para a reunião no intuito de prestar esclarecimentos, a Secretária M. de Educação, Gelvânia Câmara Marques, não compareceu, tendo ausência justificada por atestado médico. A Diretora M. de Cultura, Mariza Klein, e o Ass. Jurídico da Sec. de Trabalho e Desenv. Social, Dr. Wagner Caldeira, estiveram presentes.

Vereador Gilson César da Costa (Gilsinho) frisou a necessidade da realização de audiências públicas sobre Saúde e o funcionamento dos supermercados aos Domingos em Manhuaçu, de modo que a população e segmentos sociais diversos possam manifestar suas opiniões, possibilitando à Casa Legislativa o posicionamento da comunidade sobre estas questões. Gilson também solicitou Requerimento à Secretaria M. de Saúde solicitando a prestação de contas referente ao 3º Quadrimestre de 2013.

Vereador Fernando Lacerda propôs que os agentes comunitários de Saúde e enfermeiros tenham ajuda de custo no deslocamento diário necessário para o atendimento às famílias.

7º Encontro Nacional de Motociclistas

Vereador Juninho Linhares destacou o apoio da Câmara para a realização do 7º Encontro Nacional de Motociclistas em Manhuaçu, com a aprovação do Projeto de Lei que autoriza o auxílio financeiro do município para a realização do evento. Linhares evidenciou que eventos como este movimentam o comércio em geral, principalmente a rede hoteleira da cidade.

Sinal verde para o Samu

O Presidente Maurício de Oliveira Júnior comemorou a aprovação unânime do plenário ao Projeto de Lei nº 034/2014, de autoria do Executivo,que ratifica o Protocolo de Intenções para a adesão do Município de Manhuaçu ao CISLESTE SUL (Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede de Urgência e Emergência da Região Ampliada Leste Sul), durante a sessão legislativa ordinária desta Quinta-feira, 29. “Foi dado mais um passo em direção a conquista das ambulâncias do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), para que o mesmo seja implantado em Manhuaçu. A Câmara de Vereadores, por meio da minha pessoa Maurício Júnior, temos desde o início do nosso mandato buscado esta conquista para Manhuaçu. Muito em breve estaremos com estas ambulâncias atendendo a nossa população, a nossa sociedade”, afirmou.

Cultura

Foi concedida palavra ao cidadão Alexandre José de Assumpção Gomes, que se pronunciou sobre a importância da criação da Secretaria Municipal de Cultura em Manhuaçu. Quanto a questão, existe um Projeto de Lei, de autoria do Executivo, em análise das Comissões na Casa Legislativa. Ontem, dia da reunião, a Prefeitura enviou Projeto substitutivo sobre a matéria (nº 023/2014), o que demandará, conforme Regimento Interno, nova análise por parte dos vereadores.

Dificuldade para realização de shows

Vereador Fernando Gonçalves Lacerda (Fernando do Fórum) mencionou sua preocupação com falta de opções para o lazer e entretenimento da juventude em Manhuaçu. O Vereador comentou ainda sobre postagem recente feita em rede social na internet, em que um produtor de eventos reclamava sobre o aumento dos valores cobrados para a realização de shows na cidade e as condições inadequadas de conservação do Parque de Exposições, em face ao que se tem cobrado.

Contra a desmilitarização

Vice-presidente da Câmara e 2º Sargento da Reserva, Anízio Gonçalves de Souza (Vereador Cb. Anízio) apresentou Moção de Repúdio (nº 058/2014) contra a PECnº 51/2013 do Senado que propõe a reestruturação do modelo de segurança pública a partir da desmilitarização do modelo policial. O documento foi aprovado no plenário, com voto contrário do Vereador João Gonçalves Linhares Júnior. Anízio destacou que o Repúdio será encaminhado para conhecimento do Comando da Polícia Militar e ao Senado, em Brasília (DF).

Vereador denuncia transtorno vivenciado por família em funeral no Domingo

Vereador Jorge Augusto Pereira (Jorge do Ibéria) denunciou o recente transtorno sofrido por família que precisou sepultar ente falecido em um Domingo. Os parentes foram surpreendidos pelo posicionamento do coveiro, que se recusou a proceder com os trabalhos, alegando não receber horas extras da Prefeitura para tal finalidade. “Estava em casa no Domingo passado, quando a filha de uma pessoa que havia morrido me ligou, dizendo que durante o sepultamento da mãe, marcado para as 16h, os coveiros presentes ao cemitério teriam se recusado a proceder com o serviço, porque a Prefeitura não paga as horas extras, tendo inclusive horas acumuladas para receber da Administração. Visando uma solução para aquela família, em razão desta situação delicada, liguei para dois companheiros em Vilanova e pedi aos mesmos que viessem abrir as sepulturas. Trouxe almoço e acertei com eles. Nem considero que paguei a este serviço, ainda mais no Domingo, mas dei uma gorjeta e eles ficaram satisfeitos, demonstrando satisfação em ajudar. O que pedimos é que isto não ocorra de novo. É vergonhoso para o nosso município, a pessoa precisar recorrer a um vereador para conseguir uma sepultura. Onde está a Administração de Manhuaçu? Quem é o responsável pelo cemitério? Aqui em Manhuaçu, parece que não tem. Não se sabe quem manda e quem não manda. A verdade é esta. Vamos convocar as pessoas responsáveis para que possam vir aqui dar explicações. Tivemos informação de que não é a primeira vez que isto acontece e os vereadores não podem aceitar esta situação. Estamos aqui para representar o povo”, cobrou Jorge do Ibéria.

O Vice-presidente Anízio Gonçalves de Souza comentou teve conhecimento da situação e que na ocasião pediu providências à Maria Lúcia Machado, na Administração Municipal, e que, dela, teria tomado ciência de que providências teriam sido tomadas para este funeral.

O Vereador Hélio Ferreira indagou sobre qual a função da Lúcia Machado e propôs requerimento à Prefeitura para saber sobre esta função. Os Vereadores Juninho Linhares e Fernando Lacerda apoiaram o colega Hélio Ferreira e solicitaram também informações sobre a função, cargo e remuneração da referida servidora e também de um cidadão conhecido como Batista Gomes, no mesmo contexto.

Perseguição a servidores

Fernando Lacerda evidenciou a necessidade de apuração quanto a existência de perseguição da Administração Municipal a servidores públicos. O Vereador relatou que, recentemente, viu publicado em jornal lista de processos administrativos da Prefeitura instaurados contra funcionários e se assustou com a quantidade. “Se todos estes funcionários cometeram atos que justifiquem a instauração destes processos, então tudo bem, esperamos que a Lei se faça cumprir e eles respondam por seus erros. Mas, o que queremos saber é se não está havendo injustiça, com a perseguição de determinados funcionários”, esclareceu.

Fernando solicitou da presidência o encaminhamento de Requerimento à Prefeitura solicitando cópias dos referidos processos.

Fonte: Ass. de Comunicação Câmara de Vereadores

Compartilhe

PinIt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.